Av Das Melissas , 613 - Hortolândia-SP 19 3809-5510

Por que usar a Semente de Linhaça?

por Elenice Cunha Santos

Gostou? compartilhe!

Por que usar a Semente de Linhaça?

A linhaça é considerada um alimento funcional devido ao alto conteúdo de ácidos graxos poli-insaturados, principalmente o ômega 3, que atua na redução do desenvolvimento de doenças cardiovasculares e do envelhecimento das células, além de aumentar a defesa orgânica do organismo.

Na forma de semente, a linhaça é considerada uma excelente fonte de fibra alimentar. Isso porque, de tão pequena, a semente nem sempre é mastigada por inteiro, e passa livremente pelo nosso trato gastrointestinal sem ser digerida, pois não temos enzima que quebram a celulose presente na casca.

Por que a fibra alimentar é importante?

A fibra alimentar (solúvel ou insolúvel) é a parte de um alimento vegetal que resiste à digestão e absorção no intestino. “Agarra-se” ao que é prejudicial ao organismo sendo este malefício mais facilmente eliminado ou menos absorvido pelo mesmo.

Desta forma, a ingestão de fibras é fundamental para uma dieta equilibrada e saudável, uma vez que o seu consumo está associado, entre outros fatores, ao aumento da viscosidade do conteúdo gastrointestinal e diminuição da absorção de açúcares.

As fibras solúveis podem interferir na absorção de gorduras, controlando os níveis de colesterol no sangue (prevenção cardiovascular). Já as fibras insolúveis contribuem para a saciedade e controle do peso, além de preservar a saúde do intestino.

Os alimentos mais ricos em fibras solúveis são a aveia, a quinoa, sementes de linhaça e chia, cevada, verduras, leguminosas, maçãs e frutas cítricas.

Os alimentos mais ricos em fibras insolúveis são os vegetais de folha verde, cereais integrais e farelo de trigo.

Para que o organismo melhore suas funções e sinta o efeito benéfico das fibras, são necessários pelo menos 25 gramas diariamente.

Dica Natus

A linhaça é uma semente muito versátil e não altera o sabor dos alimentos, por isso pode ser consumida em saladas, sucos, vitaminas, frutas, nas grandes refeições, iogurtes e massas de pães, bolos e farofas.

Na nossa linha temos a semente de linhaça marrom e dourada. Ambas possuem valor nutricional semelhante, algumas diferenças podem ser notadas no sabor, já que a linhaça dourada tem a casca mais fina o que a deixa mais suave. A linhaça marrom é mais adaptada ao clima e solo brasileiro, e isso reflete na popularidade e também no preço.

Lembre-se: uma alimentação equilibrada e balanceada aliada a alimentos funcionais garantem mais saúde e proporcionam mais qualidade de vida.

por Elenice Cunha Santos - Nutricionista (CRN3: 50373) - [Alimentos e Saúde]



Gostou? compartilhe!